As cúpulas

Autor: 
Tom Harris

Na seção anterior, vimos a estufa mais básica: uma simples caixa feita de vidro ou plástico transparente. Os projetistas do Éden decidiram não utilizar materiais tradicionais nas estufas. Ao invés disso foram usadas lâminas de Etileno Tetrafluoretileno (ETFE). Este é um tipo de cobertura perfeita para uma estufa porque é resistente, transparente e leve. Uma peça de ETFE pesa menos que 1% de uma peça de vidro com o mesmo volume. É melhor isolante do que o vidro e é muito mais resistente ao desgaste causado pela luz solar.


Imagem cedida por Apex Photo Agency
Trabalhadores instalando painéis de filme ETFE no teto da cúpula

Os projetistas do projeto Éden moldaram o material de ETFE em almofadas, extremamente fortes, cada uma feita de três folhas de filme ETFE soldadas juntas nas laterais, uma em cima da outra, com camadas de ar bombeadas entre elas. As camadas de ar fornecem isolamento sem diminuir a quantidade de luz solar que passa através delas. O mais legal destas almofadas é que elas são ajustáveis: em dias mais frios, pode-se bombear mais ar para fornecer maior isolamento; em dias mais quentes, elas podem ser parcialmente esvaziadas para permitir maior resfriamento.

Os projetistas do Éden juntaram as almofadas para formar cúpulas geodésicas. Neste tipo de estrutura, vários painéis planos em formato de triângulos, pentágonos, hexágonos ou outros polígonos são colocados juntos para formar uma superfície curva. Este projeto é extraordinário porque nenhuma das peças é curva, mas todas juntas formam uma estrutura arredondada.


Imagem cedida por Apex Photo Agency
Cada almofada de ETFE é presa por um suporte de aço

Nas cúpulas do projeto Éden, estes painéis geométricos são as almofadas de ETFE. Cada almofada é presa a uma teia de tubos de aço entrelaçados. Na verdade, cada cúpula possui duas camadas de teias, uma com painéis hexagonais e pentagonais e outra com painéis triangulares. A estrutura total do Éden utiliza 625 hexágonos, 16 pentágonos e 190 triângulos.

Como a grade de aço em um arranha-céu, a armação de aço da cúpula geodésica é incrivelmente forte em relação ao seu peso. Este peso (667 toneladas) é distribuído uniformemente por toda a estrutura, de modo que necessita apenas de suporte ao redor da base, deixando muito espaço interno para as plantas. As extremidades da cúpula descansam sobre um robusto colar de fundação, uma parede de concreto subterrâneo ao redor do perímetro da estrutura.


Imagem cedida por Apex Photo Agency
Trabalhadores montam o suporte de aço das estufas. A equipe do projeto Éden quebrou o recorde mundial do maior andaime livre.

Projetar este tipo de cúpula é um exercício fascinante em geometria. Você precisa imaginar exatamente que formas usar e como colocar todas juntas para formar um estrutura curvilínea perfeita. Os projetistas imaginaram tudo usando um sofisticado programa de computador. O programa gerou minuciosos modelos em 3D das diferentes cúpulas, que os projetistas colocaram dentro de um computador de linha de produção automatizada. Utilizando os modelos 3D, este computador determinava quais peças a equipe de construção necessitaria e direcionava as máquinas para cortar as vigas de aço naquelas especificações exatas. Quando chegou a hora de construir as cúpulas, a equipe simplesmente seguiu as instruções e reuniu todas as peças.

Uma vantagem do formato da cúpula geodésica é que ela se adapta facilmente à maioria dos terrenos. Os projetistas descrevem as cúpulas como bolhas gigantes que podem ser colocadas quase em qualquer lugar. Eles construíram as cúpulas ao longo da lateral da mina voltadas para o sul, porque o sol está ao sul no céu de Cornwall (clique aqui para descobrir por que - em inglês). O piso inclinado está perfeitamente posicionado para absorver a energia térmica durante todo o dia, aquecendo o ar mesmo após o sol ter se posto.


Imagem cedida por Apex Photo Agency
Reunindo todas as peças da cúpula, em abril de 2000

Capturar a luz é apenas uma parte da manutenção de uma estufa, é claro. Para as plantas vicejarem, é preciso fornecer solo bom e água suficiente. Na próxima seção, veremos como isso é feito nos biomas do Éden.